FROM CACHE - pt-br_header

Desvendando o Mistério: Por Que Minha Loja Shopify Ainda Não Está Vendendo?

25-03-wp0bv-5jna6

 

 

"Por que minha loja não está vendendo?" Essa é uma pergunta comum e uma preocupação compreensível. Se nesse momento você está se fazendo essa pergunta, saiba que não está só. Várias razões podem contribuir para isso, no entanto, quando analisamos as lojas que não estão fazendo vendas, acabamos identificando os mesmos motivos e que acabam caindo na mesma categoria: falta de confiança. Lojas novas ainda não possuem marcas estabelecidas, portanto, seu site precisa passar confiança aos clientes para que eles se sintam seguros em comprar. Neste post irei enumerar os 5 erros mais comuns que fazem sua loja parecer duvidosa e não performar como esperado. 

 

1. Lojas genéricas e iguais a todas as outras: escape do copie e cole

 

No cenário atual do e-commerce brasileiro, a busca por praticidade levou a uma crescente adoção de lojas prontas oferecidas por agências a preços acessíveis. No entanto, essa facilidade nem sempre é tão vantajosa assim. Ao optar por essa solução, muitos empreendedores acabam caindo na armadilha da mesmice. As agências, focando na eficiência, usam modelos genéricos, resultando em lojas que se assemelham de forma alarmante umas às outras. Isso é especialmente notável nas lojas que usam o modelo de dropshipping. E não é só isso: a atenção à construção do site muitas vezes é renegada e vemos sites com erros gramaticais e oferta dos mesmos produtos em várias lojas. Isso não só estraga a imagem da sua marca, mas também deixa a experiência do cliente na berlinda.

 

Investir em personalidade e qualidade é o que realmente faz a diferença num mercado cada vez mais lotado. Em um mundo onde a facilidade de acesso a lojas online é cada vez maior, a busca por algo diferente se tornou uma necessidade. Clientes estão cansados da monotonia de ver sempre as mesmas coisas. Além disso, se diversas lojas oferecem os mesmos produtos, o cliente acaba optando pela loja que vende mais barato. Isso é prejudicial para um negócio porque cria uma competição baseada apenas no preço, diminuindo a margem de lucro e minando a capacidade de oferecer produtos de qualidade e serviços diferenciados.

 

Clientes anseiam por uma experiência única. Lojas que possuem personalidade e produtos diferentes não apenas se destacam, mas também geram confiança. A mesmice simplesmente não converte porque não desperta interesse. Pense: uma loja que parece que foi feita sob medida pro seu estilo, com produtos que você não encontra em qualquer esquina, não te interessa mais? Quando os clientes se deparam com uma loja que se destaca da multidão, eles estão mais propensos a explorar, se envolver e até a pagar mais pelos produtos! Isso cria um vínculo mais forte, levando à conversão e à fidelização. Portanto, a importância de apresentar uma loja distinta e original não pode ser subestimada. Personalidade e originalidade são a chave para se destacar nesse mar de lojas iguais. 

 

 

2. Primeiras impressões importam

 

E por falar em cuidado com sua loja, pode parecer óbvio, mas muitas vezes detalhes como erros gramaticais passam despercebidos. Porém, erros como esse podem afetar profundamente a imagem da sua loja. Isso porque eles transmitem falta de profissionalismo e cuidado, fazendo com que os clientes questionem a confiabilidade da sua marca.

 

Inclusive, quando se trata de manuais que orientam como se proteger na internet, a identificação de erros gramaticais em mensagens e lojas virtuais é frequentemente destacada como um dos primeiros pontos a serem observados. Por isso, uma revisão minuciosa e atenção a esses pequenos elementos podem fazer uma grande diferença na percepção que os clientes têm da sua loja.

 

24-56-19pwt-9zy8o

 

3. Navegação intuitiva

 

A página inicial é o cartão de visitas da sua loja. Se os visitantes não encontrarem imediatamente o que estão procurando, eles podem sair. Verifique se a navegação é intuitiva, os produtos em destaque são atraentes e as imagens são de alta qualidade. É muito importante verificar se todos os links estão funcionando, se os ícones de redes sociais levam para as páginas corretas e se os banners exibidos na loja são clicáveis.

 

A utilização de banners na loja deve ser estratégica. É comum ver banners que não conduzem a nenhuma ação específica, como o anúncio de "Frete Grátis para Todo o Brasil". Essas informações devem ser comunicadas por meio de elementos visíveis, como a barra de avisos no topo da página.

 

Os banners, por outro lado, devem destacar produtos específicos, promoções relâmpago ou categorias relevantes para o momento. A manutenção de uma abordagem simples e direta na apresentação dos produtos e informações é fundamental para uma experiência de usuário positiva.

 

24-15-wx2np-tq5o3

Além disso, com mais pessoas comprando através de dispositivos móveis, é crucial que sua loja seja responsiva e de fácil navegação em celulares e tablets. Para otimizar essa experiência, considere adotar um design responsivo para o seu site, o que significa que ele se ajustará automaticamente ao tamanho da tela do dispositivo. Certifique-se de que os botões e links sejam de tamanho adequado para toques em telas menores, evitando cliques acidentais. Reduza o tamanho de imagens e outros elementos para manter o tempo de carregamento rápido, uma vez que a velocidade é crucial para dispositivos móveis. Além disso, simplifique a navegação, reduzindo o número de etapas necessárias para concluir uma compra. Testar frequentemente a experiência do usuário em diferentes dispositivos móveis também é uma prática essencial para garantir que sua loja esteja sempre oferecendo a melhor experiência possível para todos os tipos de clientes.

 

 

Como pode ver no exemplo acima, os temas da Shopify são responsivos de fábrica para que você não precise fazer os ajustes manualmente. Conheça mais vantagens dos temas da Shopify versus temas externos aqui.

 

4. Descrições e Detalhes dos Produtos

 

A página de produto é uma das mais importantes do site. Sabia que é nela que acontecem a maior parte das decisões de compra? Lojistas que optam pelo modelo de dropshipping devem prestar especial atenção a isso, pois costumam importar descrições dos fornecedores. Certifique-se de que o texto e as informações são relevantes para os seus clientes. Descrições vagas ou inconsistentes podem afastar os compradores. Certifique-se de fornecer informações detalhadas sobre cada produto, destacando os benefícios e recursos exclusivos.

 

Por fim, cuidado com o excesso de imagens e vídeos que fazem a página de produtos ficar super longa e desconfigurada. Se as páginas de produtos levam muito tempo para carregar, os visitantes podem desistir. Otimize a velocidade do site para garantir uma experiência rápida e suave.

 


5. Políticas da loja e Página 'Quem Somos"

Quais são suas regras de envio, troca e devolução? Quando e como você atende os seus clientes? A falta de uma política de devolução clara ou um atendimento ao cliente insatisfatório pode gerar desconfiança. Certifique-se de que os clientes se sintam seguros ao comprar na sua loja, sabendo que podem entrar em contato com você e retornar produtos com facilidade, se necessário.

 

 

Além disso, não subestime a importância da página Quem Somos (também chamada de Sobre Nós) para o seu site. Ela é essencial para passar credibilidade para os seus clientes. Quando os usuários entram em uma loja, eles procuram indicadores de que o site é seguro e essa página é um deles. Nada de copiar e colar descrições gerais para essa página. Fale sobre você e seu time, conte um pouco sobre a sua história e porque você decidiu criar uma loja. 

 

Veja como construir uma página Sobre Nós incrível aqui. 



Lembre-se de que a otimização é um processo contínuo. Analise os dados, peça para pessoas de confiança revisarem sua loja, ouça o feedback dos clientes e faça ajustes. Identificar as possíveis falhas na sua loja é o primeiro passo para transformar a situação e começar a gerar vendas.

 

 

Também vale a pena conferir:

3 Comentários